quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Longe da vista



"Longe da vista".
Nunca do coração!
Algo há que resista?
Só esta emoção!
.
O que não revelas,
Há muito percebi!
Herodes de telas,
Incúria para ti.
.
Dia de acordar
Perceber engano,
Mais vidas a errar,
Que a reparar dano!
.
José Monge, 03-12-2009

5 comentários:

Maria, Simplesmente disse...

Há danos que não devem ser reparados...
Há lições que se aprendem com erros...
Há vidas que só assim aprendem, mas se para ser bem vividas é necessário cometer erros é porque...
Ninguém, mesmo com arrependimento, muda nesta vida.
Penso eu...
Bom fim de semana
Maria

António Gallobar disse...

Olá amigo José

Belo poema bom para levantar a cabeça e continuar a viver.

Grande abraço

A Luz A Sombra disse...

Um Bom Natal, depois é outro dia.
A Luz A Sombra

Maria, Simplesmente disse...

Desejo-lhe um Ano melhor do que 2009.
Com tudo o que desejar.
Abraço
Maria

José Egnom disse...

Muito obrigado, igualmente.